Egrégora

You are currently viewing Egrégora

Nos finais de semana eu costumo sair do asfalto e me aventurar por estradas de terra com a minha bicicleta. Ontem explorando um novo caminho me deparei com esta casinha abandonada numa bifurcação da estrada. Lá dentro, um quadro na parede, tão desbotado quanto a própria casa em si, submetidos à implacável ação do tempo.

Fiquei por ali algum tempo admirando o lugar e, sendo quem sou, foi inevitável não estabelecer uma conexão com aquele cenário. “Quem viveu aqui?” Bastou formular a pergunta para que toda a energia da casa ganhasse vida e projetasse um turbilhão de imagens e emoções na minha mente.

Explicando melhor, toda essa energia está acumulada na casa e em seus objetos por causa da egrégora. 

Egrégora é um campo vibracional formado a partir dos pensamentos e sentimentos de um grupo de pessoas. Uma atmosfera de influência é formada a partir da soma dessas emanações e seu poder é definido pelo número de pessoas e ou pela intensidade do sentimento.
Uma egrégora formada pode se dissipar, mas a tendência é que ela se perpetue, influenciando as pessoas que a criaram a retroalimentarem o ambiente com o mesmo tipo de vibração. Isto acaba também por impregnar paredes e objetos do local onde a egrégora se forma.
Assim, o campo vibracional de determinado local vai influenciar as pessoas que entrem ali. É importante dizer também que egrégoras podem ser positivas ou negativas, e que elas também podem ser influenciadas por entidades de outro plano, bem como essas entidades podem naturalmente ser atraídas por perceberem na egrégora um campo vibracional semelhante.

Pensando nisso, como anda a egrégora do seu ambiente familiar? E do seu local de trabalho?

Deixe um comentário